Maior queda da história do Bitcoin em um único dia (de longe!)

Você cripto entusiasta, que lê esse artigo nesse momento, sobreviveu a maior queda da história do Bitcoin

Nesta última quinta-feira (12 de março de 2020), a maior moeda digital do mundo fez história com uma queda -37,19%. E isso considerando os dados fechados da Coinmarketcap que indica um preço de abertura de $7.913,62 e um preço de fechamento de $4.970,79.

Foi a maior queda da história do Bitcoin!

E poderia ser pior.
Na Bitmex, maior plataforma de derivativos de criptoativos do mundo, os valores de abertura e fechamento, respectivamente $7939 e $4346, indicariam uma queda de -45,26%.

Mas foi a maior da história quanto?

Vamos aos dados:

Maior queda da história do bitcoin

Até então, a maior baixa em um único dia havia sido -22,93% em 18/12/2013, possivelmente pelo efeito da queda da Mt.Gox. Veja que a queda atual é mais que 50% maior que a 2ª maior queda.

O gráfico mostra as maiores 20 quedas do BTC na história e podemos verificar que a maioria delas havia sido em 2013. Interessante observar que só temos uma data, entre as 20, em 2018, onde tivemos o inverno cripto.

A questão é que em um ano que teremos Halving do Bitcoin, certamente os entusiastas não esperavam por essa.

Quais são os possíveis motivos para essa queda?

Bom o motivo nº 1 especulado, sem sombra de dúvidas, é o Coronavírus e todo o efeito que ele vem gerando (com a ajuda da guerra de preços do Petróleo entre Rússia e Arábia) na economia mundial.

Não é só o Bitcoin, mas todas as bolsas pelo mundo estão em grande queda, inclusive acionando o Circuit Brake, evento que paralisa as operações na Bolsa por 30 ou 60 minutos.

Outro motivo(2) na boca do povo são os efeitos da pirâmide chinesa Plus Token que podem estar tendo seus bitcoins liquidados no mercado. Estima-se um valor de US $ 3 bilhões em criptoativos (btc e eth).

E por fim, o motivo 3, também muito ‘votado’, é a manipulação do mercado pelas baleias.
O marketcap do Bitcoin, comparado a outros mercados é, ainda, bem pequeno e há muitos players (baleias) com poder de compra muito grande – isso torna o mercado mais manipulável.

Diz-se, até, que há um grupo onde essas baleias conversam e combinam para que lado vão jogar o preço (essa informação não está confirmada pela Webitcoin). Mas veja:
Se um grupo de baleias tem o ‘poder’ de mover o preço em $1000,00, quando o fazem, essa variação dispara os stop-loss de quem estava operando no mercado. Logo, para alguns com perfil mais agressivo, também disparam o Liquidation e aí vira um efeito cascata na direção da operação. As baleias podem gerar uma variação de $1000 e depois, com os stops e liquidations acionados e mais o pânico que se instaura no mercado, o preço pode ir mais e mais (talvez até mais $1000).
E assim, as baleias lucram alto com valores altos.

E o Bitcoin como reserva de valor?

Bom, é notório que o BTC não faz o papel (ainda) de moeda, que é a proposta essêncial do whitepaper de Satoshi Nakamoto. No entanto, muitos acreditam (ou até ontem, acreditavam) que o Bitcoin serviria bem como reserva de valor. Quem sabe, mais pra frente até como lastro de outras moedas.

Bom, se falarmos por ontem, o conceito não sobrevive a maior queda da história do Bitcoin.

Uma queda de quase -40% não representa um valor seguro para uma fuga econômica anti-crise. Nesse ponto o Bitcoin não passou no teste.

O ouro caiu, mas caiu apenas -5,5% (gráfico abaixo) e isso que vinha de um movimento de alta durante essa crise econômica.

Gráfico do Ouro

Mas vamos dar um desconto para o Bitcoin.

A moeda digital ainda é um bebê de 11 anos – o ouro é milenar – o valor de mercado de todos os criptoativos é de menos que US $160 Bi e o BTC representa mais que 64% deste número. Isso é muito pouco comparado com o mercado do ouro que é algo entre 2,5 a 3 trilhões de dólares.

O Bitcoin vem, aos poucos, mostrando para que veio, e não é qualquer ativo que sobe de 0 a $20mil em menos de 10 anos. Ainda teremos muitas cenas dos próximos capítulos para o Bitcoin e todo o mercado cripto.

Acompanhe na Webitcoin.

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/