Mercado de criptomoedas atinge US$ 2 trilhões em capitalização pela primeira vez

A capitalização de mercado de criptomoedas atingiu US$ 2 trilhões em avaliação, à medida que a demanda institucional aumenta.

O mercado de criptomoedas atingiu um novo recorde hoje e agora vale mais de 2 trilhões de dólares. O impulso das instituições financeiras desempenhou um papel crucial no aumento do preço de várias moedas de alta capitalização de mercado, como Bitcoin, Ethereum e outras.

Outro marco para a comunidade cripto

Embora essa seja uma conquista excelente para o espaço cripto, muitos usuários acreditam que uma corrida ainda maior está à frente, considerando o impulso institucional e a adoção de criptomoedas. As notícias mais recentes nesta frente vieram da MicroStrategy adicionando outros $ 15 milhões em Bitcoin (235 BTC).

Apesar da nova ATH para o mercado, um Bitcoin Exchanged-traded Fund (ETF) ainda está em andamento, o que, se aprovado, poderá dar ao setor um impulso ainda mais dramático. As empresas de investimento nos EUA são obrigadas a fazer backup de seus ativos em cofres para investidores credenciados e capital institucional, portanto, empresas recentes que solicitaram um ETF de Bitcoin teriam que comprar BTC para fazer backup de seus fundos.

Naturalmente, à medida que as instituições começam a comprar Bitcoin, o preço pode se valorizar ainda mais. Esta nova ATH chega apenas três meses depois que o mercado de criptomoedas atingiu US$ 1 trilhão em 29 de janeiro.

O mercado de criptomoeda assumindo a liderança em comparação com os mercados tradicionais

Os mercados tradicionais também cresceram hoje. O preço do BTC teve uma ligeira alta de 2% nas últimas 24 horas, enquanto o Nasdaq e o S&P 500 subiram 1,36% e 1,43, respectivamente.

Até o momento, o Bitcoin está sendo negociado a $ 59K. A Ethereum teve um desempenho mais notável, com um aumento de 25% nos sete dias anteriores, já que a ETH 2.0 atinge US $ 6,5 bilhões em TVL (Valor Total Bloqueado).

Em 2017, o valor de mercado do Bitcoin era de cerca de US$ 95,9 bilhões, e a batalha contra os criptoativos liderados por instituições tradicionais que tentam miná-lo havia apenas começado, alguns até alegando que o BTC estava “morto”. No mesmo ano, Ronny Moas, diretor da Standpoint Research, afirmou para a CNBC que o Bitcoin poderia superar a Apple em valor de mercado e chegar a US$ 50.000 por BTC. O tempo dirá se sua previsão terá vida.

Fonte: CryptoPotato

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.