Miami dará Bitcoin a seus cidadãos

O prefeito da cidade, Francis Suarez, compartilhou seus planos de criar um ecossistema Bitcoin em Miami.

A cidade de Miami em breve começará a dar Bitcoin aos seus cidadãos, anunciou o prefeito, Francis Suarez, em uma entrevista à CoinDesk para a TV, nesta quinta-feira. Quando questionado se ele imaginava que o Bitcoin fosse usado como dinheiro, inclusive como método de pagamento de impostos, Suarez confirmou com segurança essas intenções.

Vejo muito rapidamente um mundo onde o sistema Satoshi é o que é usado para fazer pagamentos; precisamos dar esse salto. Precisamos que as pessoas entendam que o Bitcoin está aumentando de valor e, sim, queremos que você segure o Bitcoin. Mas, ao mesmo tempo, precisamos aumentar a utilidade do Bitcoin, pois, aumentará ainda mais o valor e também cria mais funcionalidade para que as pessoas possam ter uma moeda melhor, francamente.

Suarez tem pressionado fortemente uma agenda para criar um ecossistema Bitcoin abrangente em Miami e anunciou na semana passada que receberia todo o seu salário em Bitcoin. O prefeito também quer permitir que os funcionários municipais sejam pagos em Bitcoin e permitir que os residentes paguem taxas e impostos municipais em moeda descentralizada.

O prefeito acrescentou mais tarde que, a cidade planeja lançar uma carteira digital em parceria com as Exchanges de Bitcoin, para lançar Bitcoins ganhos por meio do piquete de MiamiCoin, no protocolo Stacks para seus residentes. Em última análise, Suarez espera permitir que os cidadãos usem Bitcoin e MiamiCoin como quiserem, seja para HODL ou para gastarem em comerciantes regulares nas ruas.

Suarez disse:

MiamiCoin é baseado no protocolo Stacks que se acumula no Blockchain do Bitcoin, então há todos os tipos de nexos e envolvimento entre um e outro.

No entanto, a conexão entre Stacks e Bitcoin não é tão estreita quanto o prefeito acredita. Stacks é um Blockchain totalmente separado, com seu próprio sistema de mineração e regras de consenso. O projeto pode ser considerado uma cadeia lateral na melhor das hipóteses e difere totalmente do Ethos, fundador do projeto Bitcoin e do que ele se propõe a alcançar na sociedade. Stacks também tem seu próprio token, que é extraído conforme seus detentores recebem Bitcoin em um processo que Stacks chama de “prova de transferência”.

A moeda da cidade adiciona outra camada e MiamiCoin é extraída enquanto “mineiradores” ou “stakers” recebem Stacks Token. Isso cria uma “economia” reforçada e autoalimentada, pois tanto os proprietários quanto a cidade recebem recompensas sem nenhum trabalho real sendo feito além do empilhamento.

Fonte: Bitcoin Magazine

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_