Volatilidade da Litecoin segue alta após o Halving

Após forte alta, preço da LTC retornou aos níveis mais baixos. Litecoin segue com alta volatilidade na sequência do evento do Halving

Dois dias atrás a Litecoin passou pelo Halving, o que significou que as recompensa da mineração da moeda foram reduzidas em 50% por bloco. Foi dito que os mercados tinham preços definidos no evento que levava ao dia 5 de agosto (data do exercício) e que a volatilidade dos preços poderia ser minimizada. Durante a sessão o preço subiu, mas rapidamente retornou. A razão para isso é que os mineradores aumentam as operações para maximizar o processo e depois venderam as moedas a um preço maior antes do “ponto de corte”.

Então qual é a questão? Fica claro que Charlie Lee quer reduzir a volatilidade da LTC a longo prazo. Ele disse que, reduzindo a oferta, aumentará a demanda de forma inerente. Lee também acredita que ter apenas participantes sérios no longo prazo da Litecoin aumentará sua estabilidade e reduzirá a volatilidade, permitindo que possa ser usada como moeda real. A LTC alcançou suas máximas após o último Halving em julho de 2015, mas logo depois caiu 75% nas semanas seguintes.

Então o que aconteceu desta vez?

fxsoriginal

Gráfico por: FXSTREET

 

Durante o evento, o preço do par LTC / USD subiu para acima de U$ 100, chegando até U$ 107,04 e, posteriormente, foi liquidado. O fundador da Litecoin, Charlie Lee, havia dito que a moeda levaria cerca de 3 dias para se acertar, porém parece que a volatilidade acabou caindo, deixando a moeda acima do nível de suporte de 23,6%.

Curiosamente, o indicador RSI apresentou uma alta mais baixa, enquanto o preço fez uma topo, o que é chamado de divergência de baixa. Isso normalmente indica uma ação de baixa no preço. Por isso, é importante manter atenção a uma quebra no nível de suporte de U$ 87,30. Nas últimas semanas o preço se consolidou entre 105 e 87 dólares, contudo, isso ocorreu após uma forte tendência de queda partindo de U$ 146,00.

Fonte: FXSTREET

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.