Finalmente! O halving do Bitcoin está entre nós!

Sob muita expectativa, enfim o bloco 630.000 foi minerado no halving do Bitcoin

O evento mais esperado na comunidade de criptomoedas finalmente ocorreu porque a rede Bitcoin acabou de produzir o bloco 630.000.

O halving do Bitcoin reduzirá a oferta diária, a taxa de inflação e as recompensas do bloco para os mineradores. Também levantou discussões sérias sobre o preço do BTC.

Halving do Bitcoin 2020 concluído

Após meses de maiores discussões e especulações, o  terceiro halving do Bitcoin ocorreu no bloco número 630.000.

Naturalmente, traz uma quantidade significativa de alterações pré-programadas, que terão efeitos substanciais em todas as partes envolvidas, incluindo mineradores, traders e investidores.

Nos próximos quatro anos, ou até que o próximo lote de 210.000 blocos seja produzido, as mineradoras receberão 6,25 BTC por bloco, em vez de 12,5 BTC. De fato, o bloco 630.000 já tem a nova recompensa de 6,25 BTC.

block630-min

Bloco 630.000. Fonte: Blockchain.com

 

Como suas recompensas são cortadas pela metade, isso levanta a questão se a mineração ainda será lucrativa. Um estudo recente indicou que o preço do Bitcoin precisa aumentar para cerca de US$ 15.000 ou mais para ser financeiramente benéfico para os mineradores.

Com uma estimativa baseada em dez minutos do tempo médio de processamento por bloco, o número de Bitcoins recém-criados também é reduzido pela metade – de 1.800 BTC por dia para 900 BTC.

A redução da oferta diária também significa que a taxa de inflação deve passar de cerca de 3,72% antes de 2020 para metade, para 1,8% agora.

Bitcoin Hashrate

Como as mineradoras do BTC, a espinha dorsal da rede, agora receberão metade das recompensas que costumavam receber, vale a pena examinar as possíveis consequências no hashrate. Como a CryptoPotato relatou hoje, o hashrate registrou um grande pico nas horas anteriores ao evento.

Agora, minutos após o halving de 2020, o hashrate está um pouco acima de 120 milhões de TH/s.

Embora os mineradores recebam menos BTC após cada halving, um relatório recente indicou que entre 2016 e 2020 o hashrate do Bitcoin disparou mais de 6800%. Apesar dos temores crescentes de alguns que os mineradores poderiam capitular, eles estavam constantemente colocando mais poder computacional para manter a rede.

Efeitos de preço do BTC

E embora os fundamentos acima sejam vitais para a saúde da rede, a maioria da comunidade é cativada pelos possíveis efeitos no preço.

Nos dias e horas anteriores ao halving de 2020, o Bitcoin marcou sérios níveis de volatilidade.

Em primeiro lugar, o preço fez uma boa corrida e testou a barreira psicológica em US$ 10.000. Em seguida, caiu para cerca de US$ 8.000 em horas, subiu para US$ 9.200 e voltou para US$ 8.850. Agora, depois do halving, o BTC está sendo negociado por cerca de 8.550 dólares.

Em uma perspectiva de longo prazo, o halving serviu como um catalisador significativo para aumentos maciços nos preços do Bitcoin no passado. Nos meses seguintes ao primeiro halving em 2012, o ativo subiu de US$ 12 para quase US$ 1.200.

A principal criptomoeda estava sendo negociada por cerca de US$ 660 em 9 de julho de 2016 – a data do segundo halving. Um ano depois, o Bitcoin saltou para US$ 2.800 e, em dezembro de 2017, atingiu seu nível mais alto de todos os tempos: US$ 20.000.

Como tal, continua sendo interessante ver se a história se repetirá após o evento de hoje.

Fonte: Crypto Potato

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.