Nicolás Maduro: Venda pública do Petro terá início em novembro

Presidente venezuelano lançará a moeda no mercado internacional

Durante aparição na mídia televisiva nacional, Nicolás Maduro afirmou que a venda pública do Petro começará no dia 5 de novembro.

De acordo com Maduro, a wallet da criptomoeda está disponível no Google Play e o site oficial já foi lançado.

Nicolás pontuou que a moeda se encontra disponível em 6 exchanges, entretanto não chegou a revelar quais seriam. Ainda mais, declarou que todas as negociações de petróleo realizadas devem ser pagas com a criptomoeda.

Esta medida também se aplica às companhias aéreas internacionais que possuem rotas nos aeroportos locais, pois o combustível também será negociado em Petro.

WeBitcoin: Nicolas Maduro: Venda pública do Petro terá início em novembro

Leia mais: Alemanha: Investidores de ICO’s perdem 90% do capital investido

Segundo o white paper do Petro, a moeda é garantida 50% por petróleo, 20% por ouro, 20% por ferro e 10% por ativos em diamantes.

Em paralelo, especialistas apontam que todas as medidas estatais destinadas a reestruturar a criptomoeda “chegam atrasadas”.

“É tarde demais para salvar o Petro.”, declarou Moises Rendon, do Centro de Estudos Estratégicos Internacionais.

Recentemente, Maduro fez diversos anúncios sobre a moeda. Inicialmente, o presidente venezuelano declarou que o ativo começaria a circular em agosto. Posteriormente, anunciou que o Petro seria utilizado como unidade de cona de salários, bens e serviços locais.

O líder também afirmou que a criptomoeda entraria no mercado internacional outubro.

Leia mais: Investimento com capital de risco aumentou em 280% na cripto esfera este ano

FONTE: COINTELEGRAPH