Dogecoin não consegue reagir ao mercado após a notícia do Twitter

Dogecoin
Doge coins não consegue alavancar depois da desistência da compra do Twitter – Imagem: Coins Creed

A notícia do Elon Musk sobre a desistência da compra do Twitter acabou respingando na evolução da criptomoeda Dogecoin

O Dogecoin (DOGE) não conseguiu reunir força suficiente neste sábado (09), pois a notícia da não aquisição do Twitter de Elon Musk esmagou as esperanças de aceitação geral da moeda.

Após a divulgação, o preço da maior criptomoeda popular do mundo caiu mais de 4%. Nas últimas semanas, o token parece estar reagindo menos fortemente aos comentários de Musk nas redes sociais, incluindo reclamações.

Musk cancelou seu plano de US$ 44 bilhões para assumir o Twitter na sexta-feira (08), alegando que a empresa de mídia social está emitindo afirmações “enganosas” sobre a quantidade de contas falsas, de acordo com um documento regulatório enviado para a SEC.

No início deste ano, o bilionário propôs comprar o Twitter por quase US$ 43 bilhões. Depois que Musk sugeriu uma possível incorporação do Dogecoin no Twitter, o DOGE apreciou significativamente após o anúncio inicial da transação.

Dogecoin precisa do tweet de Musk para subir

A popularidade do token se deve em parte ao endosso e promoção contínuos do homem mais rico do mundo nas mídias sociais, o que contribuiu significativamente para a ascensão meteórica da criptomoeda.

De acordo com uma análise recente, as pesquisas por “Dogecoin” aumentaram em 2019 e 2020 depois que Musk twittou sobre isso. O DOGE ganhou cerca de 30% quando o conselho do Twitter deu luz verde à proposta de compra do CEO da Tesla. No entanto, desde então, reverteu rapidamente esses avanços.

Preço das ações do Twitter caiu após as notícias

No mercado after-hours (após expediente), o preço das ações do Twitter caiu 6%, para US$ 34,58. Isso é 35% menor do que o preço de US$ 54,20 por ação que Musk concordou em pagar pela gigante da mídia social em abril. Após o fechamento na sexta-feira, o preço das ações do Twitter caiu para o nível mais baixo desde março.

Assim que a notícia chegou, Bret Taylor, presidente do conselho de administração do Twitter, ameaçou entrar com uma ação contra Musk para fazer cumprir os termos do acordo de compra.

Os advogados de Musk afirmaram em um documento que o Twitter falhou ou se recusou a responder a vários pedidos de informações sobre contas fraudulentas ou spam na plataforma, o que é crucial para o desempenho financeiro da empresa.

Dogecoin tenta se recuperar depois da notícia

Enquanto isso, apesar do DOGE estar se recuperando do resultado do acordo Twitter-Musk, alguns analistas ainda estão muito otimistas sobre seu futuro.

Por exemplo, este mês, o preço do DOGE pode se aproximar de US$ 0,12. Atualmente, a moeda está sendo vendida a US$ 0,0694, um aumento de 3,35% em relação à semana passada, conforme os dados da Coin Market Cap.

Os comerciantes conhecedores da famosa moeda meme concordarão que ela é notável por surtos repentinos e frenesi induzido por FOMO. De acordo com a análise técnica, o preço do DOGE subirá, embora seja difícil determinar se o fundo foi atingido.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_